Especial Oscar 2014 | Parte 3 de 5

The 85th Academy Awards® will air live on Oscar® Sunday, February 24, 2013.

A terceira parte do Especial Oscar 2014 avaliará cinco das categorias mais fáceis de prever esse ano. Ainda assim, nenhum jogo está realmente vencido, a não ser para Cate Blanchett. Vamos lá ver as chances dos concorrentes a Ator, Ator Coadjuvante, Atriz, Atriz Coadjuvante e Diretor?

1. Ator
Indicados:
Christian Bale por Trapaça (2013)
Bruce Dern por Nebraska (2013)
Leonardo DiCaprio por O Lobo de Wall Street (2013)
Chiwetel Ejiofor por 12 Anos de Escravidão (2013)
Matthew McConaughey por Clube de Compras Dallas (2013)

matthew

Avaliação: “Clube de Compras Dallas” só chegou entre os melhores do ano pela dinâmica entre dupla de atores. Sem isso, certamente o filme passaria batido. Matthew McConaughey deixou o garoto surfista de lado para assumir bons papéis nos últimos anos. Para “Dallas”, ele passou por uma revolução física, o que a Academia adora, para encarnar um homem soropositivo que desafia a indústria americana de medicamentos. O favoritismo é claro, porém não podemos esquecer a força dos trabalhos de Chiwetel Ejiofor, por “12 Anos de Escravidão”, e de Leonardo DiCaprio, por “O Lobo de Wall Street”. Há algum tempo, DiCaprio merece reconhecimento pelos trabalhos sérios que desenvolve em ótimas colaborações. Mas será que a Academia já está convencida de que ele merece a estatueta? Atrás estão Bruce Dern, pelo difícil trabalho de composição de “Nebraska”, e Christian Bale, por “Trapaça”, o único sem chance alguma na categoria.

2. Ator Coadjuvante
Indicados:
Barkhad Abdi por Capitão Phillips (2013)
Bradley Cooper por Trapaça (2013)
Jonah Hill por O Lobo de Wall Street (2013)
Michael Fassbender por 12 Anos de Escravidão (2013)
Jared Leto por Clube de Compras Dallas (2013)

Jared

Avaliação: Aqui o favoritismo é de Jared Leto, que impressiona com a composição em “Clube de Compras Dallas”, roubando a cena todas as vezes que aparece e transitando corretamente entre o humor e o drama. O único que pode derrotar Leto é Barkhad Abdi, por “Capitão Phillips”. Michael Fassbender faz um trabalho exemplar em “12 Anos de Escravidão”, mas não deve ser agora que o reconhecimento virá. Atrás estão Jonah Hill, por “O Lobo de Wall Street, e Bradley Cooper, por “Trapaça”, ambos se chances.

3. Atriz
Indicados:
Amy Adams por Trapaça (2013)
Cate Blanchett por Blue Jasmine (2013)
Sandra Bullock por Gravidade (2013)
Judi Dench por Philomena (2013)
Meryl Streep por Álbum de Família (2013)

Cate

Avaliação: 2013 foi o ano de Cate Blanchett e sua paranoica personagem em “Blue Jasmine”. A parceria com  Woody Allen rendeu uma das melhores performances da atriz, que já venceu o Oscar de atriz coadjuvante por “O Aviador” (e perdeu injustamente por “Não Estou Lá” em 2008). A única que pode desbancar a australiana é Meryl Streep, por “Álbum de Família”. Amada pela Academia (e por 10 entre 10 cinéfilos), Streep é a melhor atriz viva que o cinema tem e seu trabalho é soberbo. O ano também foi muito feliz para Judi Dench, que sensibiliza em “Philomena”. Atrás estão Amy Adams, por “Trapaça”, e Sandra Bullock, por “Gravidade”.

4. Atriz Coadjuvante
Indicados:
Sally Hawkins por Blue Jasmine (2013)
Julia Roberts por Álbum de Família (2013)
Lupita Nyong’o por 12 Anos de Escravidão (2013)
Jennifer Lawrence por Trapaça (2013)
June Squibb por Nebraska (2013)

Lupita

Avaliação: Aqui a disputa será um pouco mais acirrada. O Sindicato dos Atores premiou a novata Lupita Nyong’o pelo difícil papel em “12 Anos de Escravidão” e o prêmio pode se repetir no Oscar. Entretanto, Jennifer Lawrence está na disputa por “Trapaça”. Além de ser queridinha, seu personagem salva o filme de David O. Russell do fiasco. Particularmente, considero Julia Roberts em “Álbum de Família” o melhor dos trabalhos da categoria, mas ela sequer foi cogitada nas premiações que antecedem o Oscar. Uma pena. Na lanterna temos June Squibb, por “Nebraska”, e a sempre incrível Sally Hawkins, por “Blue Jasmine”. Peço licença para considerar que também já passou da hora de Hawkins ser reconhecida pela Academia.

5. Diretor
Indicados:
Alfonso Cuarón por Gravidade (2013)
Steve McQueen por 12 Anos de Escravidão (2013)
David O. Russell por Trapaça (2013)
Martin Scorsese por O Lobo de Wall Street (2013)
Alexander Payne por Nebraska (2013)

Alfonso

Avaliação: O favoritismo de Alfonso Cuarón é inabalável. Ele venceu todas as premiações que foi indicado por “Gravidade” e o seu trabalho é exemplar em termos de técnica, linguagem e estética. A Academia deve premiá-lo sem pestanejar. Considero Steve McQueen o melhor da lista. Em seu terceiro longa, ele constrói uma narrativa tão importante para a História quanto para o cinema. Na lanterna temos Martin Scorsese, por “O Lobo de Wall Street”, e Alexander Payne, por “Nebraska”. A indicação de David O. Russell não se justifica em nada. O lugar seria melhor ocupado caso a academia tivesse reconhecido o brilhantismo de Spike Jonze na cadeira de direção de “Ela”.

Leia a Parte 1 de 5 do Especial Oscar 2014 | Trilha Sonora, Canção Original, Edição de Som, Mixagem de Som, Figurino e Maquiagem/Penteado
Leia a Parte 2 de 5 do Especial Oscar 2014 | Design de Produção, Efeitos Visuais, Fotografia, Montagem, Roteiro Original e Roteiro Adaptado

(Visited 12 times, 1 visits today)