Nicolas Cage: no more Motoqueiro Fantasma

Motoqueiro Fantasma

Nicolas Cage não vive uma de suas melhores fases no cinema. Aliás, tal fase está demorando demais para passar. Parece que os bons tempos de Despedida em Las Vegas (1995), Adaptação (2001) e O Senhor das Armas (2005) realmente se foram. Fica cada vez mais raro aparecer um Vício Frenético (2009) na carreira do oscarizado (saudades Cidade dos Anjos). Não bastassem as escolhas erradas que Cage faz, seus papéis parecem ser todos os mesmos.

Agora, um de seus maiores fracassos, tanto de público quanto de crítica, a franquia Motoqueiro Fantasma, não deve mais contar com o astro. Em entrevista recente ao Collider, Cage negou que o segundo filme tenha sido um fracasso, já que foi bem de bilheteria mundialmente (depois de tantos anos no mercado, ele esqueceu que bilheteria não é indicativo de sucesso), mas que está na hora de aposentar a moto. “Sinceramente, eu não volto mais. Eu já fiz o que tinha de ser feito com o personagem. Você nunca diz nunca, mas por enquanto, eu diria que pra mim chega”, disse.

Agradecemos a iniciativa e desejamos um futuro mais interessante.

gif nic

(Visited 88 times, 1 visits today)