Animação brasileira é pioneira na TV americana

Nilba_TODOSNão é novidade que os brasileiros amam o conteúdo audiovisual internacional. Dezenas de filmes e séries de TV são cultuadas pelos (tel)espectadores todos os anos, mas parece que agora chegou a vez da inversão do jogo.  A produtora 44 Toons! e a Fundação Padre Anchieta venderam os direitos de exibição da série de animação infantil Nilba e os Desastronautas para o STARZ, canal pago americano que atinge 30 milhões de residências.

A negociação demonstra a capacidade criativa dos produtores nacionais em gerar conteúdo de qualidade que merece ser visto não só por aqui, mas também lá fora, além de fomentar a indústria de animação brasileira. Assim, a série pode ser considerada o primeiro conteúdo totalmente brasileiro a figurar nos EUA e sua estreia está prevista para o mês de abril no STARZ. Desde 2010, Nilba e os Desastronautas é veiculada na TV Rá Tim Bum e também será exibida a partir desse mês ano nos canais pagos Gloob e TV Brasil, além de figurar na TV Cultura a partir de abril.

Nilba e os Desastronautas tem 39 episódios de sete minutos cada, voltados ao público infantil (crianças entre 5 e 9 anos), com um roteiro que aposta no humor. Os episódios buscam inspiração e brincam com personagens do cinema e também de desenhos animados, como Jack Sparrow, Smurffs, Indiana Jones, Avatar, Fofão, personagens de Guerra nas Estrelas, Sherlock Holmes, entre outros.

A trama conta as aventuras de um comandante de oito anos de idade e de sua tripulação, que estão perdidos no espaço.Mas, ao invés de tentar levar a tripulação sã e salva de volta para a Terra, o capitão da nave só quer saber de se divertir… Afinal, o capitão Nilba é só uma criança!

E mais:

A 44 Toons! também trabalha na produção de dois longas metragens, com previsão de lançamento para os próximos anos.  Entre os principais sucessos da empresa, estão os curtas A Lasanha Assassina, O Fantasma da Ópera e Osmar, a Primeira Fatia de Pão.

Veja abaixo alguns episódios da série:

Virando Jogo
http://vimeo.com/22555446

Nilbatar

Coluna oringinalmente publicada no Cinema com Rapadura.

(Visited 12 times, 1 visits today)