Inscrições prorrogadas para o edital Histórias que Ficam

O mestre e o Divino - Foto de Tiago Campos

Foram prorrogadas, até 15 de dezembro, as inscrições para a segunda edição do edital Histórias que Ficam, programa de consultoria, fomento e difusão do documentário brasileiro, que vai financiar a produção de quatro filmes de até 70 minutos, com temática livre. Cada projeto recebe até R$ 330 mil. Com modelo pioneiro desde sua primeira edição, o programa conta com laboratórios presenciais e consultorias de especialistas aos realizadores, desde o desenvolvimento até a exibição dos filmes.

O concurso, de caráter nacional, seleciona 12 projetos de documentários, com temática livre, que sejam criativos do ponto de vista artístico e inovadores no uso da linguagem audiovisual. Destes, quatro serão contemplados.

As inscrições online estão abertas no site. Podem se inscrever realizadores com até dois longas-metragens no currículo. Pelo regulamento, serão destacados ao final da seleção, um projeto da região Norte/Centro Oeste e um da região Nordeste. Os outros dois poderão ser de qualquer outra região do país.

Ao longo do processo de realização dos filmes, os documentaristas vencedores participarão de três laboratórios (roteiro e produção; montagem; e distribuição), com profissionais de destaque em cada área, como Miguel Machalski, Marcelo Gomes, Daniela Capelato, Carlos Nader, Karen Harley entre outros.

(Visited 16 times, 1 visits today)