Foto 03 Tubarão. Dale envolvido em lembranças. - Cópia

A Associação Brasileira de Críticos de Cinema (Abraccine) reconhece as principais produções nos festivais mais significativos do Brasil. No 18º Cine PE Festival do Audiovisual, o curta vencedor foi “Tubarão”, de Leo Tabosa (PE). O júri foi composto por André Dib, Paulo Portugal, Lucas Salgado, Humberto Silva e Diego Benevides.

“Pela construção do personagem e sensibilidade com que aborda seu tema num contexto de solidão e o despertencimento em relação à cidade, com destaque para o imaginário local, com uma estética eficiente e particular, o Júri Abraccine concede o prêmio de melhor curta do Cine PE para o documentário ‘Tubarão’, de Leo Tabosa.”

O júri ainda concederá o prêmio de melhor longa-metragem do festival, que será anunciado sexta-feira (02).

(Visited 26 times, 1 visits today)