21º Festival MIX Brasil apresenta 140 filmes

Interior Leather Bar

A 21ª edição do Festival MIX Brasil de Cultura da Diversidade terá a maior programação de sua história. Em 2013 serão exibidos mais de 140 filmes de diversos países como, Polônia, Cuba, Dinamarca, Palestina, Coreia do Sul, Eslovênia, Hungria, Camboja, Macau entre outros, além de 36 atrações que envolvem teatro, música, leitura dramática, performances, karaokê, dança e intervenções culturais.  O evento acontece de 07 a 17 de novembro em São Paulo, e no Rio de Janeiro de 14 a 21 de novembro.

O polêmico e inédito no Brasil “Interior. Leather Bar.” (EUA/ 2013 – foto), dirigido por James Franco, em parceria com Travis Mathews, abrirá o Mix Brasil em São Paulo e no Rio de Janeiro. O longa é uma releitura de “Parceiros da Noite” (Cruising), filme de 1980 estrelado por Al Pacino do qual supostamente cortados 40 minutos de sadomasoquismo entre homens para que não fosse classificado como pornográfico. Protagonizado pelo ator Val Lauren, o longa é uma mistura de documentário e ficção com cenas de sexo gay reais.

O maior festival LGBT da América Latina terá além do foco na Alemanha, um foco especial nos trabalhos do diretor Travis Mathews exibindo os filmes “I Want Your Love”, “In Their Room: Berlin”, “In Their Room: London” e “In Their Room: San Francisco”. O diretor americano fará parte do Júri da Mostra Competitiva Brasil junto com o ator e diretor John Cameron Mitchell, o representante do Festival de Cinema Berlim Michael Stütz, a cineasta brasileira Claudia Priscilla e a diretora adjunta do Festival Internacional de Curtas de São Paulo, Beth Sá Freire. Os vencedores levarão o Troféu Coelho de Ouro, para o melhor filme, Troféu Coelho de Prata, para melhor direção, melhor interpretação, melhor roteiro, melhor fotografia e melhor direção de arte.

Entre os filmes Internacionais os destaques são “I am Divine” (EUA/ 2013), de Jefrey Schwar; “Noites Brancas”  (Coreia do Sul/ 2012), de Hee-il Leesong; “La Partida”, de Antonio Hens (Espanha, Cuba/ 2012);  “A Paixão de Verónica Videla” (Argentina/ 2012), de Cristian Pellegrin; “Além da Fronteira”, de Michael Mayer (EUA, Israel, Palestina/ 2012); “Quebranto”, de Roberto Fiesco (México/2013),  “Gerontophilia”, de Bruce La Bruce (EUA/2013). e “Um Estranho no Lago”, de Alain Guiraudie (França/ 2013). Este último ganhou o “Queer Palm” no festival de Cannes deste ano.

Já o Panorama Nacional exibirá os longas “Tatuagem”, de Hilton Lacerda, que fará a sua pré-estreia no festival; “Simone”, de Juan Zapata (Brasil, Colômbia, Espanha/2013), e os documentários “Dizer e Não Pedir Segredo”, de Evaldo Mocarzel, “Sobre Sete Ondas Verdes Espumantes”, de Bruno Polidoro e Cacá Nazario.
A programação completa do 21° MIX Brasil estará disponível no site.

(Visited 20 times, 1 visits today)