Curta Taquary abre inscrições de filmes para sua 17ª edição

Festival é composto por dez mostras competitivas de curtas-metragens Foto: Marcelo Quixaba

A 17ª edição do Curta Taquary está com inscrições abertas até o dia 28 de novembro, exclusivamente por meio do site oficial. Podem participar filmes de ficção, animação, documentário ou experimental de até 30 minutos de duração, incluídos os créditos, feitos por realizadores e/ou produtores nacionais ou radicados no país há mais de 02 (dois) anos e que tenham sido concluídos a partir de janeiro de 2023.

O Curta Taquary, que acontecerá de 16 a 22 de março de 2024, exibirá filmes em dez mostras competitivas e não há limite de trabalhos submetidos por cada participante, com possibilidade de participação em mais de um recorte temático. As categorias competitivas são: Mostra Brasil: Com temática livre; Mostra Primeiros Passos: Para diretores/as em seu primeiro trabalho; Mostra Dália da Serra: Voltada para filmes produzidos em atividades pedagógicas, projetos de formação e oficinas; Mostra Universitária: Direcionada para produções oriundas de estudantes de graduação; Mostra Diversidade: Filmes que abordem questões de sexualidade e de gênero, em suas mais diferentes formas e perspectivas.

Completam a programação a Mostra Curtas Fantásticos: Filmes de horror, ficção científica e fantasia; Mostra Criancine: Compreende filmes voltados para o público infanto-juvenil; Mostra Pernambucana: Filmes produzidos no Estado; Mostra Agreste: Filmes produzidos no agreste pernambucano; Mostra Por Um Mundo Melhor: Filmes com foco na educação ambiental.

Ao longo de sua história, o Curta Taquary já exibiu trabalhos produzidos em todo o Brasil, além de filmes de diferentes países. Fundado em 2005, o festival se consolida como um dos mais vibrantes do país, dialogando com outras linguagens artísticas, como as artes visuais, a música e o teatro, e movimentando o Agreste de Pernambuco, não só com exibições de filmes, mas também através da realização de atividades formativas. Ao longo dos anos, este evento se tornou um importante veículo de formação e de inclusão social, promovendo a interiorização da cultura e levando informação e entretenimento sem nenhum custo para todas as classes sociais.

Cinema e meio ambiente

O festival, nesta edição, mergulha nas margens do rio Capibaribe para promover a difusão cultural e a formação em Audiovisual, Educação e Meio Ambiente. Abrangendo o percurso do Capibaribe por oito cidades do Agreste Setentrional – Poção, Jataúba, Santa Cruz do Capibaribe, Brejo da Madre de Deus, Taquaritinga do Norte, Toritama, Vertentes e Frei Miguelinho – o festival destaca sua conexão única com a vitalidade desse curso d’água.

Com o compromisso constante com a preservação ambiental, o Curta Taquary reitera sua dedicação à sustentabilidade. Para a edição de 2024, coincidindo com datas emblemáticas como o Dia Nacional de Conscientização das Mudanças Climáticas (16 de março) e o Dia da Água (22 de março), o festival amplifica sua iniciativa sustentável. Transformando as inscrições em mudas de plantas nativas da região, o evento busca ativamente contribuir para o reflorestamento de áreas degradadas.

Neste ano, destaca-se a harmonia entre a expressão artística e a conscientização ambiental, sublinhando a importância da preservação do rio Capibaribe e do ecossistema que o circunda. O Curta Taquary 2024 não apenas celebra a cinematografia e a educação, mas também ressalta o papel essencial que cada participante desempenha na construção de um futuro sustentável para as comunidades ao longo das margens do Capibaribe.

“Ressaltar a importância da conscientização ambiental, e o papel da arte e da cultura nessa luta, é uma preocupação central do Curta Taquary. O festival entende que a formação sensível da plateia e das comunidades que impacta é um trabalho conjunto, que tem a natureza como pilar central. Essa é uma preocupação que, para nós, dura o ano inteiro e queremos intensificar esse trabalho, atingindo mais cidades e pessoas. O rio Capibaribe é um símbolo muito forte para nossa região e para Pernambuco e ficamos felizes em contribuir com sua preservação”, pontua Alexandre Soares, coordenador e idealizador do Curta Taquary.

(Visited 10 times, 1 visits today)