Quarta temporada de Adorável Psicose

Adorável Psicose blog

Os psicóticos de plantão já podem comemorar! A quarta temporada de Adorável Psicose, comédia escrita e protagonizada por Natalia Klein, está de volta às telas do Multishow em novo dia, a partir desta quarta-feira (03), às 22 horas. Após as idas e vindas do romance com o Cara de Bigode (Lucas Oradovshi), Natalia decide se casar com ele. O problema é que ela acorda no Paraguai, sem documentos, dinheiro e memória, e agora tudo que ela quer é voltar ao Brasil. Nem que seja ilegalmente.

O mote do primeiro episódio, bem ao estilo Se Beber, Não Case!, vai gerar novos conflitos na vida da protagonista.  Apesar de casada com um homem peculiar, ela se vê cercada por romances de seu passado, como o Cara Velho, Mó Astral, Meia Bomba, Alemão, Bunda Assassina, Físico, Édipo e o Cara Novo, o mais recente que balançou o seu coração na terceira temporada. Como se não bastasse, outros problemas aparecerão, como uma festa de aniversário da prima, um reencontro com os amigos do colégio e uma nova proposta de emprego.

Em conversa exclusiva ao Cinema com Rapadura, Natalia falou sobre as novidades do novo ano da série, que retorna com o humor politicamente incorreto e as situações bizarras que nos são familiares.

“Os episódios da terceira temporada foram mais viajantes que os das outras. Acabei fugindo um pouco das questões cotidianas. Resgato isso na quarta temporada, com situações mais ‘mundanas’. Tirando, é claro, os primeiros episódios, que se passam no Paraguai”, conta.

A atriz Juliana Guimarães interpreta novamente Dra. Frida, a hilária terapeuta de Natalia. Elas são como almas gêmeas, só que não muito. Mas provavelmente não vivem uma sem a outra… Outra novidade desta temporada será o maior espaço para personagens como a prima Hannah (Carol Ferman), o porteiro Gilvanchir (Gerson Lobo) e a escandalosa chefe Beth (Regiana Antonini). Os melhores amigos Carol (Carol Portes) e Diogo (Raoni Seixas) deixam o elenco.

“Apesar do carinho enorme que tenho [por Carol e Raoni], os personagens que escrevi para eles não tinham a mesma força dos outros e deixaram de fazer sentido quando escrevi a trama do casamento no Paraguai”, justifica a atriz.

O sucesso de Adorável Psicose está consolidado. Além de ser uma comédia de situação feita no Brasil com muita qualidade (o Multishow capricha!), a série sempre conta com o elenco afiado. Ano passado, o programa foi eleito o melhor humorístico pelo Prêmio Monet, que elege os principais destaques da TV por assinatura.

“A grande verdade é que não existe fórmula para o sucesso, nem muito menos originalidade na televisão. O que se faz é mostrar um novo ângulo de uma situação já conhecida. Foi o que fiz com ‘Adorável Psicose’ e deu certo”.

Deu certo mesmo! Não conhece a série ou só ouviu falar? As três temporadas anteriores estão disponíveis no Youtube. E não esquece de sintonizar no Multishow que a temporada promete muita diversão!

Texto originalmente publicado no Cinema com Rapadura.