25º Cine Ceará realiza mostra especial de cinema espanhol

Alejandro Tovarajatoa@gmail.com663 48 40 01

Uma representação variada do melhor cinema espanhol da atualidade estará na comemoração dos 25 anos do Cine Ceará – Festival Ibero-Americano de Cinema, de 18 a 24 de junho no Cine-Teatro São Luiz, em Fortaleza. A Mostra Novo Cinema Espanhol exibirá um total de sete longas e oito curtas-metragens, com curadoria do roteirista, realizador e produtor Pablo Arellano.

A seleção passa pelo trabalho minimalista e sensível do longa “Nem Tudo é Vigília” (2014), de Hermes Palalluelo, e do curta “Ser e Voltar” (2014), de Xacio Baño, que estreou no Festival de Cinema de Locarno, na Suíça, e foi vencedor do Prêmio do Júri em Clermont Ferrand, o festival de curtas mais importante do mundo. Estão presentes também os longas documentários “Costa da Morte” (2013), de Lois Patiño, que ganhou o Prêmio Cineastas do Futuro no Festival de Locarno, e “As Mais Macabras das Vidas” (2014), de Kikol Grau.  Destaque também para “História da Minha Morte” (2013), de Albert Serra, ganhador do Leopardo de Ouro em Locarno, e “Estrela Cadente” (2014 – foto), último filme do renomado produtor e diretor Luis Miñarro.

Um dos pontos altos da Mostra Novo Cinema Espanhol está em dois diretores que são considerados os ‘pais do cinema moderno na Espanha’, Víctor Erice e Luis Buñuel.  Erice é homenageado com a exibição de seu primeiro longa, “O Espírito da Colmeia” (1973), vencedor do primeiro festival de San Sebastián. De Luis Buñuel, o curador selecionou o clássico “Simão do Deserto” (1965).

Dos curtas, Pablo Arellano fez uma seleção dos melhores da Espanha dos dois últimos anos, assim com uma retrospectiva do cineasta Chema García Ibarra, um dos mais promissores do novo cinema espanhol. Dele serão exibidos seus três curtas que passaram por mais de 200 festivais internacionais:  “O Ataque dos Robôs de Nebulosa 5” (2009), “Protopartículas” (2011) e “Mistério” (2013).

MOSTRA NOVO CINEMA ESPANHOL

LONGAS-METRAGENS
1. STELLA CADENTE (De Luis Miñarro. 2014)
2. NO TODO ES VIGILIA (De Hermes Palalluelo. 2014)
3. COSTA DA MORTE (De Lois Patiño. 2013)
4. SIMÓN DEL DESIERTO (De Luis Buñuel. 1965)
5. EL ESPÍRITU DE LA COLMENA (De Víctor Erice.  1973)
6. HISTÓRIA DE LA MÈVA MORT (De Albert Serra. 2013)
7. LAS MÁS MACABRAS DE LAS VIDAS (De Kikol Grau. 2014)

CURTAS-METRAGENS
1. EL ATAQUE DE LOS ROBOTS DE NEBULOSA 5 (De Chema García Ibarra. 2009)
2. PROTOPARTÍCULAS (De Chema García Ibarra. 2011)
3. MISTERIO (De Chema García Ibarra. 2013)
4. LANBROA (De Mikel Zataraín. 2011)
5. MUEBLES ALDEGUER (De Irene M. Borrego. 2015)
6. LA PASIÓN DE JUDAS (De David Pantaleón. 2014)
7. SER E VOLTAR (De Xacio Baño. 2014)
8. CHIGGER ALE (De Fanta Ananas. 2013)