Votação aberta para o Grande Prêmio Canal Brasil de Curtas 2015

La Lamada

Está aberta a votação popular da 10ª edição do Grande Prêmio Canal Brasil de CurtasCriado com o intuito de estimular a produção nacional, o evento reúne os vencedores do Prêmio Canal Brasil de Curtas de 2014. Ao longo do ano passado, o canal premiou cada obra com R$ 15 mil. Um grupo formado por jornalistas de diversos veículos de comunicação espalhados pelo Brasil escolheu, nos principais festivais de cinema do País, os curtas que disputam o grande título, no valor de R$ 50 mil.

A seleção do vencedor fica a cargo dos apresentadores da casa e do voto popular, disponível no site do Canal Brasil onde as obras também podem ser vistas pelo público até o dia 14 de setembro 09. Os concorrentes serão apresentados por Simone Zuccolotto em dois blocos de programação nos dias 11 e 12 de setembro, a partir das 22h. A mesma película pode conquistar ambas as votações.

Os eleitos serão anunciados pela jornalista no dia 14, às 20h30 e, logo em seguida, apresentados na tela do Canal Brasil. Após o término da exibição, o(s) vencedor(es) estarão em um chat disponível no site oficial do canal para que internautas possam se conectar a outros fãs e interagir com os diretores dos filmes.

Concorrentes da 10ª edição do Grande Prêmio Canal Brasil de Curtas:
“A Pequena Vendedora de Fósforos”
, de Kyoko Yamashita – Premiado no Festival de Cinema de Gramado.
“Marina Não Vai à Praia”, de Cássio Pereira dos Santos – Premiado no Cine Ceará – Festival Ibero-americano de Cinema.
“A Ala”, de Fred Bottrel – Premiado no Festival Mix Brasil de Cultura da Diversidade.
“Sem Coração”, de Nara Normande e Tião (Premiado no Festival de Brasília do Cinema Brasileiro)
“Linguagem”, de Luiz Rosemberg Filho (Premiado no Cine PE – Festival do Audiovisual)
“Guida”, de Rosana Urbes (Premiado no Anima Mundi – Festival Internacional de Animação do Brasil)
“La Llamada” (foto), de Gustavo Vinagre (Premiado no Festival Internacional de Curtas-metragens de São Paulo – Curta Kinoforum)
“Quinze”, de Maurílio Martins (Premiado na Mostra de Cinema de Tiradentes)
“Com uma Câmera na Mão e uma Máscara de Gás na Cara”, de Ravi Aymara (Premiado no É Tudo Verdade – Festival Internacional de Documentários)