Tata Amaral e Caru Alves de Souza preparam três séries de TV

Tata Amaral (diretora.tangerina)Causando na Rua 1

A Tangerina Entretenimento, produtora das cineastas Tata Amaral (“Hoje” – foto) e Caru Alves de Souza (“De Menor”) tem três séries de TV em desenvolvimento. Com gravações em São Paulo até o dia 23​ de dezembro, “Causando na Rua” é uma série com 13 episódios de 26 minutos que pretende mostrar situações de conflito entre a arte e o espaço público, como o coletivo OPNI com seu projeto “Quadro Negro”, que pinta rostos de negros famosos pela cidade.

A série ficcional “De Menor”, composta por 13 episódios de 52 minutos, se concentra no dia-a-dia do Fórum Central da cidade de São Paulo e no julgamento dos casos. Como contraponto, apresenta as histórias das famílias dos adolescentes que passam pela Vara da Infância e da Juventude (em casos de delito e criminalidade, adoção, guarda de filhos, entre outros). Os personagens centrais são dois juízes, dois promotores e dois defensores, que se revezam nos casos e estabelecem relações entre si e entre os adolescentes que defendem. De autoria de Caru Alves de Souza e Marton Olympio (das séries “Natalia” e “Musas”), “De Menor” é baseado no longa-metragem homônimo, obra vencedora do Festival do Rio.

O terceiro projeto é a série “A Mulher Que Era o General da Casa”, adaptação do livro homônimo do jornalista Paulo Moreira Leite, com direção de Tata Amaral e focaliza aspectos mais relevantes e menos conhecidos da resistência à ditadura civil-militar brasileira (1964-1985): a luta do cidadão comum, daqueles que foram capazes de enfrentar as dores de seu tempo e mobilizar a sociedade civil para defender os direitos dos que eram sequestrados, presos e torturados.