Conheça os filmes vencedores do 8º Festival de Cinema de Triunfo

Nua por Dentro do Couro, de Lucas Sá

A oitava edição do Festival de Cinema de Triunfo anunciou no último sábado (8) os filmes vencedores. Cerca de 3.500 pessoas conferiram as sessões das mostras competitivas e especiais no Cine Theatro Guarany, no sertão pernambucano. O longa-metragem “O Gigantesco Ímã”, de Petrônio de Lorena e Tiago Scorza, e o curta “Nua por Dentro do Couro” (foto), de Lucas Sá, foram os grandes destaques da edição.

Conheça os vencedores:

JÚRI OFICIAL DE LONGA-METRAGEM

Melhor Longa-metragem: “O Gigantesco Ímã”, de Petrônio de Lorena e Tiago Scorza (PE)
Melhor Atriz: Rita Carelli, pela atuação em “Permanência” (PE)
Melhor Ator: Edilson Silva, pela atuação em “Brasil S/A” (PE)
Melhor Som: Pablo Lamar, pelo filme “Brasil S/A” (PE)
Melhor Trilha Sonora: Petrônio e as Criaturas, pelo filme “O Gigantesco Ímã” (PE)
Melhor Direção de Arte: Juliano Dorneles, pelo filme “Permanência” (PE)
Melhor Produção: Lívia de Melo, pelo filme “Brasil S/A” (PE)
Melhor Montagem: Will Domingos e Alan Ribeiro, pelo filme “Mais do que Eu Possa me Reconhecer” (RJ)
Melhor Fotografia: Lucas Barbi, pelo filme “O Tempo Não Existe No Lugar Em Que Estamos” (MG)
Melhor Roteiro: Marcelo Pedroso, pelo filme “Brasil S/A” (PE)
Melhor Direção: Marcelo Pedroso, pelo filme “Brasil S/A” (PE)

JÚRI OFICIAL DE CURTA-METRAGEM

Melhor Curta-metragem Nacional: “Nua Por Dentro do Couro”, de Lucas Sá (MA)
Melhor Curta-metragem Pernambucano: “História Natural”, de Júlio Cavani (PE)
Melhor Curta-metragem Infanto-Juvenil: “Algum Lugar no Recreio”, de Caroline Fiorati (SP)
Melhor Atriz: Gilda Nomacce, pela atuação em “Nua por Dentro do Couro” (MA)
Melhor Ator: Fernando Teixeira, pela atuação em “Ilha” (PB)
Melhor Som: Samuel Gambine, pelo filme “O Canto da Lona” (SP)
Melhor Trilha Sonora: Samuel Nóbrega e Homero Basílio, pelo filme “João Heleno dos Brito” (PE)
Melhor Direção de Arte: Juliano Dornelles, pelo filme “Loja de Répteis” (PE)
Melhor Produção: Equipe do filme “João Heleno dos Brito” (PE)
Melhor Montagem: Lucas Sá, pelo filme “Nua Por Dentro do Couro” (MA)
Melhor Fotografia: Bruno Sales, pelo filme “Ilha” (PB)
Melhor Roteiro: Lucas Sá, pelo filme “Nua Por Dentro do Couro” (MA)
Melhor Direção: Lucas Sá, pelo filme “Nua Por Dentro do Couro” (MA)
Troféu Fernando Spencer: “História Natural”, de Júlio Cavani (PE) – prêmio concedido ao melhor curta-metragem filmado em Pernambuco

JÚRI OFICIAL DE CURTA-METRAGEM MOSTRA SERTÕES
Melhor curta-metragem da mostra Sertões: “Chico Santeiro: Do Homem ao Santo”, de Daniel Figueiredo (PE)

JÚRI POPULAR
Melhor curta-metragem da mostra Sertões: “No Rastro da Espoleta 3”, de Bonerges Guedes e Vinicius Guedes (PB)
Melhor curta-metragem de Pernambuco: “João Heleno dos Brito”, de Neco Tabosa (PE)
Melhor curta-metragem infanto-juvenil: “Salu e O Cavalo Marinho”, de Cecilia da Fonte (PE)
Melhor curta-metragem nacional: “Tereza”, de Maurício Baggio (PR)
Melhor longa-metragem nacional: “Brasil S/A”, de Marcelo Pedroso (PE)

TROFÉU CINECLUBISTA DE MELHOR FILME PARA REFLEXÃO (FEPEC)
“Avenida Presidente Keneddy”, curta-metragem de Adalberto Oliveira (PE)
* Menções honrosas para os curtas “Doce de Goiabada”, de Fernanda Rocha (DF); “Ilha”, de Ismael Moura (PB); “O Canto da Lona”, de Thiago B. Mendonça (SP); e “O Que Se Memora”, de Caio Dornelas e Ernestro Rodrigues (PE).

TROFÉU ABD/APECI
“Avenida Presidente Keneddy”, curta-metragem de Adalberto Oliveira (PE)
* Menção honrosa para o curta “Onde Vivem Os Monstros”, de Ythallo Rodrigues (CE)