Cine Ceará bate recorde de filmes recebidos para as mostras competitivas

unnamed (2)O 26° Cine Ceará – Festival Ibero-Americano de Cinema, que acontecerá de 16 a 22 de junho em Fortaleza, alcança uma marca histórica antes mesmo de começar, batendo o recorde de inscritos para as mostras competitivas. Foram 957 produções, das quais, 254 para a Mostra Ibero-Americana de Longas-Metragens e 703 para a Brasileira de Curtas-Metragens. Foram cerca de 200 inscritos só na última semana. Até o final de abril devem ser divulgados os filmes selecionados.

Para a Mostra Competitiva Ibero-Americana de Longas-Metragens, o Cine Ceará recebeu inscrições de 16 países, número que revela o reconhecimento mundial alcançado pelo Festival. Além do Brasil, com 139 inscritos, representando 55% do total, participam da seleção de longas produções da Argentina, Espanha, México, Colômbia, Chile, Venezuela, Portugal, entre outros. França e Canadá também aparecem na relação dos inscritos, embora não estejam entre as nações ibero-americanas.

A Mostra Competitiva Brasileira de Curtas-Metragens recebeu inscrições de todas as regiões do país, com maior número de realizações do Sudeste, somando 55% dos inscritos. Em seguida aparece o Nordeste, com 24% do total das 703 inscrições recebidas para esta mostra. Os curtas do Ceará somam 11% do total.

Os gêneros documentário e ficção aparecem em maior número entre os inscritos para as competitivas de longa e de curta-metragem. Na categoria longa-metragem, o gênero presente em mais inscrições foi documentário, somando 58% do total, seguido por 37% de filmes de ficção. Os experimentais e de animação aparecem, respectivamente, em 3% e 2% dos inscritos para a competitiva de longa.

Para a competitiva de curtas-metragens, o gênero com maior número de inscritos foi de ficção, representando 55% do total. Na sequência estão os documentários, com 31% deste total. Já os experimentais e de animação somam 10% e 4% dos curtas inscritos, respectivamente.