Associação Brasileira de Críticos de Cinema elege os melhores filmes de 2015

Adeus à Linguagem, de Jean Luc-Godard

Associação Brasileira de Críticos de Cinema (Abraccine) elegeu “Que Horas Ela Volta?”, de Anna Muylaert, o melhor longa-metragem nacional de 2015, enquanto “Adeus à Linguagem” (foto), de Jean-Luc Godard, foi o vencedor entre os longas estrangeiros. O curta-metragem “Quintal”, de André Novais Oliveira, também recebeu o reconhecimento da entidade.

Foram levados em consideração os longas que estrearam no circuito comercial brasileiro em 2015 e os curtas que participaram de festivais ou mostras de cinema no decorrer do ano. A Associação conta com cerca de 100 membros especializados em cinema em diversos estados do País.

Melhores de 2015 segundo a Abraccine:
Melhor Longa-metragem Brasileiro: “Que Horas Ela Volta?”, de Anna Muylaert
Melhor Curta-metragem Brasileiro: “Quintal”, de André Novais Oliveira
Melhor Longa-metragem Estrangeiro: “Adeus à Linguagem”, de Jean-Luc Godard