9º For Rainbow acontece em outubro na capital cearense

beiramar1

9º For Rainbow- Festival de Cinema e Cultura da Diversidade Sexual acontece em Fortaleza entre os dias 01 e 08 de outubro, no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura. A programação é gratuita e reúne destaques da produção cinematográfica mundial. O Festival apresentará 21 curtas-metragens e seis longas na Mostra Competitiva Internacional. A programação também conta com apresentações de dança, teatro e música.

Além da competição oficial, a Mostra Lilás busca sensibilizar o olhar do público para a luta das mulheres contra a lesbofobia, a transfobia e o machismo por meio da exibição de filmes que buscam desvendar como mulheres lésbicas e transexuais vivenciam suas relações amorosas, familiares e de trabalho. O filme “Fome de Viver” (1983), do cineasta Tony Scott, é um dos destaques ao lado de “Flores Raras” (2013), de Bruno Barreto; “Vera” (1987), de Sérgio Toledo; “Acorda” (2005), de Roberta Marques; “Saudade de Andrea”, de Danielle Ellery; e “Receita para Trazer o seu Amor de Volta” (2012), de Andrei Bessa.

O For Rainbow também exibe a Mostra Avante, uma sessão especial com quatro curtas-metragens da Avante Filmes, produtora de Porto Alegre liderada por Filipe Matzembacher e Marcio Reolon. Após a sessão, haverá debate com os cineastas. Paralela à programação do Dragão do Mar, o evento irá exibir uma Mostra Educativa nos bairros Conjunto Ceará, Bela Vista, Pio XII, Grande Jangurussu, Pirambu e José Walter. As sessões serão seguidas de debates com a população sobre a temática LGBT e sobre direitos humanos. Mais informações no site oficial.

Filmes selecionados para a Mostra Competitiva Internacional:

Curtas Internacionais
“1 mes y 2 días”, de Silvana Lopa (Argentina)
“Pulsión Sangrienta”, de Gerard Tusquellas Serra (Espanha)
“Schleierhaft”, de Tim Ellrich (Alemanha)
“Shift”, de Maria Cecilia Puglesi (Estados Unidos)
“Havva”, de Guclu Aydogdu (Turquia)
“Tomorrow”. de Leandro Tadashi (Estados Unidos)
“Tant Pis”, de Bruna Rodrigues (França)
“Technical Difficulties of Intimacy”, de Joel Moffett (Estados Unidos)
“Passionpanther”, de Anna Katalin Lovrity (Hungria)
“Résurgence Commode”, de Guillaume Levil (França)

Curtas Brasileiros
“Chanson d’amour”, de Renata Prado (RJ)
“Noturna”, de Nivaldo Vasconcelos (AL)
“Como era gostoso meu cafuçu”, de Rodrigo Almeida (PE)
“Virgindade”, de Chico Lacerda (PE)
“De Terça pra Quarta”, de Victor Costa Lopes (CE)
“De que lado me olhas”, de Elena Sassi e Carolina de Azevedo (RS)
“Amor suspenso”, de Charles Daves (RJ)
“Arianas”, de Hylnara Anny Vidal Oliveira (CE)
“Lovedoll”, de Debora Zanatta e Estevan de la Fuente (PR)
“Javaporco” de Will Domingos e Leandro das Neves (RJ)
“Dudu está solteiro”, de Roberto Limberger (SP)

Longas Internacionais
“Naomi Campbell”, de Nicolás Videla e Camila José Donoso (Chile, 2013)
“While You Weren`t Looking”, de Catherine Stewart (África do Sul, 2015)
“Those People”, de Joey Kuhn (Estados Unidos, 2015)

Longas Brasileiros
“Beira Mar”, de Filipe Matzembacher e Marcio Reolon (RS, 2015) – foto
“Nós Duas Descendo a Escada”, de Fabiano de Souza (RS, 2015)
“Yorimatã”, de Rafael Saar (RJ, 2014)