49º Festival de Brasília anuncia seleção de longas-metragens

tragooo

Marcado para a semana de 20 a 27 de setembro na Capital Federal, o 49º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro exibirá nove longas-metragens em competição, três a mais em relação aos anos anteriores. Os filmes concorrem a prêmios no valor de R$ 250 mil.

Todos os selecionados são inéditos no Brasil e representam produções de sete diferentes estados do País, incluindo o cearense “O Último Trago” (foto), de Luiz Pretti, Pedro Diogenes e Ricardo Pretti.

“Os nove longas selecionados, seja os que se passam nos tempos atuais, seja os que fazem referência ao passado ou remetem a uma dimensão atemporal, nos iluminam algo sobre o estado do mundo e das relações humanas hoje: um tempo de inquietações e angústias, mas também de luta, resistência e afirmações de identidades. Seus formatos e gêneros são variados, assim como a experiência de seus diretores e tamanho e fonte dos seus orçamentos, mas os une uma inquietação estética e política contagiante”, conta Eduardo Valente, curador dessa edição do Festival.

Veja a lista completa dos longas-metragens selecionados:

“A Cidade Onde Envelheço”, de Marilia Rocha, 99min, 2016, MG
“Antes o Tempo Não Acabava”, de Sérgio Andrade e Fábio Baldo, 85min, 2016, AM
“Deserto”, de Guilherme Weber, 100min, 2016, RJ
“Elon Não Acredita na Morte”, de Ricardo Alves Jr., 75min, 2016, MG
“Malícia”, de Jimi Figueiredo, 87min, 2016, DF
“Martírio”, de Vincent Carelli, em colaboração com Ernesto de Carvalho e Tita, 160min, 2016, PE
“O Último Trago”, de Luiz Pretti, Pedro Diogenes e Ricardo Pretti, 98min, 2016, CE
“Rifle”, de Davi Pretto, 85min, 2016, RS
“Vinte Anos”, de Alice de Andrade, 80min, 2016, RJ

Com informações da assessoria de imprensa.