24º Cine Ceará | Mostra Olhar do Ceará e Filme de Encerramento

Nervos de Aço

O encerramento do 24º Cine Ceará – Festival Ibero-americano de Cinema, no dia 22 de novembro, contará com a exibição de “Nervos de Aço” (foto), de Maurice Capovilla. Baseado nas canções de Lupicínio Rodrigues, autor de grandes sucessos como “Esses moços, pobres moços”, “Nervos de Aço”, “Se acaso você chegasse”, “Ela disse-me assim” e “Nunca”, o longa tem previsão de estreia para 2015.

“Nervos de Aço” faz parte das comemorações pelo centenário do compositor gaúcho e traz no elenco Arrigo Barnabé, Pedro Sol, Juliana Thomaz e Ana Lonardi (participante da segunda temporada do The Voice Brasil).  A história acompanha o drama de um triângulo amoroso, a partir das canções de Lupicínio, durante o ensaio de um espetáculo musical.  O diretor Maurice Capovilla e elenco já confirmaram presença na sessão do filme em Fortaleza.

Mostra Olhar do Ceará

O Cine Ceará, que começa dia 15 de novembro no Theatro José de Alencar, exibirá também 26 filmes produzidos no Estado, dentro da Mostra Olhar do Ceará.  Completam a Mostra três produções de média-metragem, exibidas hors concours. Veja os selecionados:

“Dialogando A Gente Se Entende, Ou Não!”
Dir. Alex Fedox. Ficção. 04’47”. CE. 2014. 16 Anos
Sinopse: Uma mãe, um filho, um cheiro estranho no banheiro e um diálogo aberto.

“Jurema – Terra De Pescador”
Dir. Angela Gurgel. Documentário. 20’. CE. 2014. 12 Anos
Sinopse: Praia da Jurema é o nome do pequeno trecho de praia que abriga uma comunidade de pescadores artesanais, na Av. Beira-Mar, em Fortaleza. Em contraste com a modernidade da avenida, pescadores, moradores e famílias utilizam esse espaço para viver, se divertir e relembrar histórias. Uma comunidade que resiste ao tempo e percebe um futuro ainda incerto.

“Conhecendo O Desconhecido”
Dir. Pedro Henrique Cardoso. Documentário. 20’. CE. 2014. Livre
Sinopse: Em breve visita à comunidade Tapeba nos deparamos com o desconhecido, o qual perpassa pela educação, cultura, crenças e sonhos de um povo, por vezes esquecido por nós. Resistência vermelha, iguais e ao mesmo tempo diferentes.

“Quarto Tempo”
Dir. Coletiva (alunos do Curso educando o olhar). Documentário. 12’30”. CE. 2014. Livre
Sinopse: Fotografias e sons se entrelaçam criando movimentos sensíveis e nesse fluxo de lembranças, vivências e sonhos somos transportados para o cotidiano de uma escola pública.

“Agradecimento”
Dir. Diego Akel. Videoclip. 03’52”. CE. 2014. Livre
Sinopse: Videoclipe da música “Agradecimento”, de Bárbara Eugênia.

“Multidões”
Dir. Camila Vieira. Ficção. 20’. CE. 2013. 12 anos
Sinopse: Não sei de onde vem essa vontade doida de ficar correndo que nem bicho.

“Mulheres Pescadoras”
Dir. Philipe Ribeiro. Documentário. 14’. CE. 2014. Livre
Sinopse: O filme traz o relato de vivência das mulheres pescadoras das praias do litoral cearense misturada à cultura e esforço para se firmarem no universo voltado para o masculino. Entre a jangada e a praia, as mulheres mostram que são capazes de superar desafios e o preconceito estagnado pela sociedade de que não existem mulheres pescadoras, sem perder a essência do feminino. A narrativa relata, ainda, a peregrinação que essas mulheres enfrentam em busca de direitos básicos, como a aposentadoria, a falta de assistência e atenção dos órgãos públicos. Mulheres Pescadoras quer marcar presença, além de instrumentalizar a luta de outras pescadoras anônimas que fazem sua história nas praias cearenses.

“O Último Verão”
Dir. Haroldo Verino. Ficção. 13’49”. CE. 2014. 16 Anos
Sinopse: Os últimos minutos de vida de alguém que vai morrer.

“Pelos Cantos Da Cidade”
Dir. Célia Gurgel. Documentário. 20’. CE. 2014. Livre
Sinopse: Pelos Cantos da Cidade traz a narrativa e o talento de cantores(as) amadores(as) e músicos profissionais em Fortaleza que se reúnem em encontros musicais, uma atividade gratificante e prazerosa, segundo depoimento de integrantes de alguns desses grupos. Entre eles existe uma preocupação em preservar a memória musical brasileira e um apelo para o compromisso dos grupos em difundir a música de qualidade.

“Visita Ao Filho”
Dir. Frederico Benevides. Ficção. 20’. CE. 2013. Livre
Sinopse: Manoel caminha pelas ruas em busca do filho.

“Heldyeine”
Dir. Miqueias Moura Mesquita. Documentário. 20’. CE. 2013. Livre
Sinopse: Heldyeine é um documentário sobre uma jovem que nasceu surdocega, com seu modo de viver e interagir com as pessoas e o mundo. Um filme sobre outras maneiras de sentir.

“Talvez Fulana”
Dir. Miqueias Moura Mesquita. Ficção. 17’. CE. 2014. 12 Anos
Sinopse: Numa farmácia, dois funcionários e alguns clientes fabulam sobre uma tal fulana.

“1974”
Dir. Célia Gurgel e Tibico Brasil. Documentário. 17’33”. CE. 2014. Livrre
Sinopse: Através do relato de um ex-preso político, o resgate da história da repressão militar durante a ditadura de 1964 a 1984 no Brasil.

“O Sabor Do Tutano”
Dir. Renata Cavalcante. Ficção. 20’. CE. 2014. 18 Anos
Sinopse: Um conflito entre o agora e o nunca, perdida entre o figurativo e o abstrato, Sofia se faz um tecido gelatinoso que se preenche do artificial para sanar seu desejo algoz.

“Pés Pelas Mãos”
Dir. Fernanda Silvia Barroso. Ficção. 11’25”. CE. 2013. 12 Anos
Sinopse: Neste curta, visualizamos somente pés, mãos e partes do corpo. Por suas características, seus movimentos e o pouco diálogo de seus donos, perceberemos seu conflito, que gira em torno de um casal separado pela rotina.

“As Aventuras De Chaga Da Onça”
Dir. George Alex Barbosa. Animação. 15’. CE. 2014. Livre
Sinopse: O Sol nasce e Chaga da Onça abre sua bodega para começar mais um dia de trabalho. No entra-e-sai de fregueses, ele é perguntado por um deles sobre a origem do seu nome. Com irreverência e inventividade, Chaga da Onça narra a tal estória que explica seu nome, quando ainda residindo em Coreaú (sua terra natal), resolve subir a Serra da Ibiapaba com seu comboio de jumentos, acompanhado de Benício e Zé Maria (dois de seus filhos) para plantar um roçado.

“Amor No Ar”
Dir. Sara Benvenuto. Ficção. 14’. CE. 2013. 12 Anos
Sinopse: Uma busca sombria, um encontro inusitado e a possibilidade de uma noite inesquecível. Tudo isso sob uma atmosfera embriagante de uma conversa densa sobre o passado. Personagens presentes num voo noturno em que o amor se mostra infindável na sua forma. O curta é livremente inspirado no conto Entrevista, de Rubem Fonseca.

“Amaral”
Dir. Germano de Sousa. Experimental. 18’03”. CE. 2013. Livre
Sinopse: A busca dos sonhos passa pelos mais inesperados lugares. Amaral caminha pelo centro da cidade procurando inspiração para seu filme experimental.

“Lastro – Memórias Do Edifício São Pedro”
Dir. Rebeca Prado e Azevedo. Documentário. 20’. CE. 2014. Livre
Sinopse: A história do antigo, e aparentemente esquecido, edifício São Pedro, marco histórico da época de ouro da Praia de Iracema, através das memórias daqueles que viveram ou tiveram alguma ligação com o prédio.

“Arianas”
Dir. Hylnara Anny Vidal. Ficção. 15’. CE. 2014. 16 Anos
Sinopse: Através dos sons, das imagens e do trabalho de ator um transbordamento do que pode ser de um acontecimento, um crime, na vida de duas meninas mulheres, mulheres em construção, na imensidão da vida.

“Tempo Branco”
Dir. David Aguiar e Sabina Colares. Experimental. 15’. CE. 2013. Livre
Sinopse: Tenho pensado sobre nuvens, não acima, mas acerca. Tenho pensado em sonhos, não distantes, em movimento… Da tensão entre plenitude e repressão, matéria e sonhos, apresentando um sertanejo na luta pela sobrevivência (em sua implenitude da matéria) e o devir das nuvens (como idealidade de plenitude). Dessa tensionalidade chegamos aos protestos ocorridos pelo Brasil (imagens de protesto em Fortaleza e São Paulo) sobrepostos de depoimentos acerca da luta de artistas cearenses em alcançarem uma centelha de plenitude no estado de repressão.

“Atalho”
Dir. David Aguiar, Paulo Ribeiro e Sabina Colares. Ficção. 13’30”. CE. 2013. Livre
Sinopse: Uma ruptura na rotina de Luana a obriga a enfrentar o medo de andar de bicicleta, com este meio de transporte ela se depara com obstáculos, percebe novos prazeres e descobre atalhos.

“Rota Alterada”
Dir. Alberto Jose Nogueira Gaudencio. Animação. 08’. CE. 2013. Livre
Sinopse: Um extraterrestre tem sua rota alterada após chocar-se com meteoros e cai no sertão nordestino. Encontrado por um reciclador, é ajudado a encontrar o caminho de volta pra casa depois de várias tentativas.

“Boi Teimosinho”
Dir. Alberto Jose Nogueira Gaudencio. Animação. 07’. CE. 2014. Livre
Sinopse: O artista, ao adquirir o brinquedo numa feira livre, o transforma em um personagem animado. Fazendo uma animação voltada ao movimento de uma vaquejada

“Voar”
Dir. Geo Brasil. Ficção. 18’.CE. 2014. Livre
Sinopse: A relação pai/filho, a solidão que os isola, a amargura de uma pai, que inconformado com a perda da mulher, exerce com extremo rigor o poder de mando sobre o filho, tentando subtraí-lo à infância através da rígida proibição às brincadeiras comuns a toda criança. O confronto entre os dois se dá num ambiente de silêncios incômodos, gestos contidos, olhares baixos, poucas palavras. A emoção sufocada de um e de outro refugia-se na ausência da esposa/mãe. Ambos sofrem do mesmo mal, mas não dividem a dor, e essa solidão absoluta que tão incompassivelmente envolve pai e filho é o sentimento onipresente nesse relato sensível e sóbrio.

“Companhia Batepalmas”
Dir. Rui Ferreira. Documentário. 17’. CE. 2014.ER.
Sinopse: A transformação de um grupo de meninos e meninas, oriundos de um trabalho social num dos mais violentos bairros da periferia de Fortaleza, Ceará, em músicos profissionais de primeira ordem. Com uma musicalidade espontânea, misturando ritmos regionais com sua juventude, apresentam-se de forma profissional e repassam o que aprenderam para outras crianças de sua comunidade.

EXIBIÇÕES ESPECIAIS

“Por Trás Das Cortinas”
Dir. Rosane Gurgel . Documentário. 21’09”. CE. 2014. Livre
Sinopse: O cotidiano de oito artistas circenses do Circo Moscow. O filme ocorre em Fortaleza, capital cearense, onde o circo permaneceu durante seis meses. O documentário revela ao público as curiosidades por trás dos bastidores, a trajetória da vida dos artistas no circo, suas emoções, dificuldades, sonhos e o orgulho de fazerem parte do fantástico mundo circense.

“Origem: Destino”
Dir. Armando Praça. Documentário. 49’. CE. 2013.Livre
Sinopse: Minha vida se tornou minha história, cada um conta a sua maneira. Eles falam de mim em qualquer lugar, não importa o que. Quem sabe a verdadeira versão da minha história é quem vive próximo a mim. Para aprender mais sobre mim, fique perto de mim e você saberá quem eu sou.

“Lição De Esqui”
Dir. Leonardo Mouramateus e Samuel Brasileiro. Ficção. 23’49”. CE. 2013. 12 Anos
Sinopse: Neve é água. Água é água.